Publicidade

Estado de Minas

Pubs reabrem as portas na Irlanda após 15 semanas de fechamento por pandemia


postado em 29/06/2020 11:01

Os pubs da Irlanda foram autorizados a reabrir as portas nesta segunda-feira (29), após 15 semanas de fechamento devido à pandemia de coronavírus.

Os pubs que servem comida, assim como os restaurantes e os hotéis, estão autorizados a retomar as atividades.

A Irlanda, que entra nesta segunda-feira na penúltima etapa do plano de fim do confinamento, suspendeu todas as restrições de deslocamento dentro do país.

Igrejas, salões de beleza, cinemas e museus podem reabrir as portas. Além disso, reuniões estão autorizadas com até 50 pessoas em locais fechados e 200 em áreas abertas.

"A Guinness faz bem à saúde", brinca Mark O'Mahony, o primeiro cliente a receber uma caneca da famosa cerveja escura irlandesa com seu café da manhã no pub Doheny & Nesbitt, em Dublin. "Sem ela, as últimas 15 semanas foram péssimas".

Mas será difícil encontrar o ambiente festivo que normalmente impera nos pubs: com as medidas de distanciamento social, os clientes terão que permanecer sentados e não poderão ficar por mais de 1h45 nos estabelecimentos.

"É ótimo voltar ao trabalho, encontrar uma espécie de normalidade", comemora o gerente do pub, Eric Connell, entrevistado pela AFP. O futuro permanece incerto, no entanto: "será que as pessoas terão medo de voltar ao pub?"

No pub The Boar's Head os distribuidores de cerveja descarregavam os barris, enquanto os clientes esperavam para entrar. Álcool em gel foi colocado no bar - para as mãos.

Andy Williams, um publicitário de 27 anos, está feliz em reencontrar o sabor do chope: "Não tem o mesmo gosto em latas".

"Há coisas piores no mundo, mas ao mesmo tempo é bom voltar à normalidade, e uma cerveja em Dublin é normal para mim", acrescenta ele, enquanto seu colega Seán Fitzgerald, de 32 anos, toma a bebida em três goles.

Os 7.000 pubs irlandeses fecharam na véspera da festa de São Patrício, duas semanas antes do confinamento decretado em 28 de março.

Mas essa reabertura desperta sentimentos contraditórios.

"Há uma certa demanda da população para retornar ao pub, misturada com ansiedade natural", reconheceu Padraig Cribben, da Federação Irlandesa de Produtores de Vinho.

As organizações do setor calculam que quase 2.000 estabelecimentos devem reabrir nesta segunda-feira. Os demais aguardarão a fase final final do desconfinamento, em 20 de julho.

A Irlanda registrou até o momento 1.735 mortes provocadas pela COVID-19.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade