Publicidade

Estado de Minas

Justiça alemã investiga 30.000 suspeitos por abusos sexuais de menores


postado em 29/06/2020 09:19

A justiça da Alemanha investiga quase 30.000 pessoas supostamente envolvidas em um caso de abusos sexuais de menores de idade no oeste do país, anunciaram nesta segunda-feira as autoridades locais.

"Queremos tirar do anonimato da internet os autores de abusos de nossas crianças e os que dão apoio", disse em uma entrevista coletiva Peter Biesenbach, o ministro da Justiça da região de Renânia do Norte-Westfalia, onde explodiu o caso.

Até o momento, 70 pessoas eram suspeitas no caso caso, que foi revelado no ano passado na cidade de Bergisch Gladbach. Várias estão sendo julgadas atualmente.

Elas são acusadas de maus-tratos e abuso de crianças durante anos, além de compartilhar vídeos de suas ações em fóruns on-line.

Os investigadores identificaram até o momento pelo menos 40 vítimas.

A justiça foi alertada por policiais canadenses que descobriram conteúdo pedófilo-pornográfico procedente desta região do oeste da Alemanha.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade