Publicidade

Estado de Minas

Banco da Inglaterra amplia plano de ajuda para enfrentar a pandemia


postado em 18/06/2020 09:50

O Banco da Inglaterra (BoE) anunciou nesta quinta-feira a manutenção da taxa básica de juros no mínimo histórico de 0,1% e o aumento do programa de recompra de ativos em 100 bilhões de libras (125 bilhões de dólares), para elevá-lo a £ 745 bilhões.

Devido à pandemia de coronavírus, que paralisou a atividade econômica em 23 de março com um confinamento que começou a ser flexibilizado progressivamente, as previsões econômicas continuam sendo "excepcionalmente incertas", afirmou a instituição.

O BoE, no entanto, considera que queda da atividade no Reino Unido no segundo trimestre será "menos severa do que o esperado" em maio graças a uma recuperação do consumo e dos serviços.

O Produto Interno Bruto (PIB) britânico caiu 2% no primeiro trimestre deste ano em comparação com o quarto de 2019 e o país se prepara para entrar em recessão no fim de junho, definida tecnicamente como dois trimestres consecutivos de crescimento negativo.

Uma estimativa recente do Escritório de Responsabilidade Orçamentária (OBR), organismo público responsável pelas previsões governamentais, apontava que o PIB poderia desabar 35% entre abril e junho.

No relatório trimestral anterior, o Banco da Inglaterra previu uma queda histórica de 14% do PIB no conjunto de 2020 em consequência do choque econômico do coronavírus, mas afirmou esperar uma forte recuperação em 2021, com crescimento de 15%.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade