Publicidade

Estado de Minas

EUA vão investigar uso de helicóptero médico para intimidar manifestantes


postado em 03/06/2020 18:43

O Departamento de Defesa americano anunciou nesta quarta-feira que irá investigar o uso de um helicóptero médico militar com uma cruz vermelha para intimidar e amedrontar manifestantes em Washington.

O aparelho voou na última segunda-feira a uma altura bem baixa, diretamente acima dos manifestantes, e deixou cair resíduos sobre os mesmos, uma tática usada por militares em guerra para forçar a dispersão de multidões.

O ato foi criticado, bem como o fato de o helicóptero ter o símbolo internacional da cruz vermelha, sinal que, em tempos de guerra, identifica o veículo como neutro, com ocupantes da área de saúde e sem combatentes.

O secretário de Defesa, Mark Esper, disse hoje que ordenou a investigação do incidente com o helicóptero, que pertence à Guarda Nacional de Washington e é supervisionado pelo Pentágono.

Esper disse entender que o helicóptero não estava em missão médica e que seus movimentos pareciam perigosos. "Há relatórios contrastantes. Precisamos de que o Exército realize sua investigação e verifique como os fatos ocorreram", concluiu.

O general William J. Walker, comandante da Guarda Nacional da capital americana, disse que também ordenou uma investigação imediata.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade