Publicidade

Estado de Minas

Peru supera 170.000 casos de COVID-19, com hospitais à beira do colapso


postado em 01/06/2020 19:30

O Peru, o segundo país da América Latina com os mais infectados pela COVID-19, ultrapassou 170.000 casos confirmados nesta segunda-feira e seus hospitais estão quase em colapso, informou o Ministério da Saúde.

Nas últimas 24 horas, o país andino registrou 5.563 novos casos, elevando as infecções para 170.039, informou o ministério em comunicado.

Na América Latina, o Peru é superado apenas pelo Brasil em todos os casos registrados e é o terceiro em número de mortes, atrás do Brasil e do México.

O número de mortos subiu para 4.634, em um país de 33 milhões de pessoas com capacidade hospitalar à beira do colapso, com 8.868 pacientes hospitalizados pelo vírus, segundo o balanço oficial.

"O mais importante é que esses infectados não cheguem aos hospitais e muito menos que morram", disse o ministro da Defesa, Walter Martos, à imprensa.

Nas últimas 24 horas, 128 pessoas morreram, uma pequena queda em relação ao dia anterior, quando foram registrados 135 óbitos, segundo o balanço.

Os casos de coronavírus aumentaram 37% em relação à segunda-feira passada, o dia em que o governo afirmou que um "platô" havia sido atingido na curva de contágio.

Martos afirmou que o aumento se deve ao fato de "o número de testes (diagnósticos) ser maior e por estar direcionado a locais com maior risco de contágio".

O Peru está há 78 dias em confinamento obrigatório sob um toque de recolher noturno e fronteiras fechadas, o que não impediu a propagação do vírus.

Lima e o porto vizinho de Callao, onde vive um terço da população peruana, acumulam 70% das infecções.

receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade