Publicidade

Estado de Minas

Irã anuncia retomada de orações coletivas em mesquitas


postado em 30/05/2020 11:55

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, anunciou neste sábado a retomada das orações coletivas nas mesquitas, apesar de o novo coronavírus não dar trégua no país.

"Decidiu-se abrir as mesquitas em todo o país, não apenas nas zonas brancas, o que dá possibilidade aos fiéis de realizar suas orações diárias respeitando as regras em vigor", disse Rohani em pronunciamento na TV.

O Irã é o país do Oriente Médio mais afetado pela pandemia, mas começou, em abril, a flexibilizar as restrições impostas à população para evitar a propagação do vírus e dividiu seu território em zonas brancas, laranjas e vermelhas, em função da menor e maior presença do vírus.

As mesquitas iranianas fecharam progressivamente desde o registro dos primeiros casos, em fevereiro, mas reabriram durante o Ramadã, mês de jejum e oração para os muçulmanos, concluído no último dia 24, apenas nas zonas brancas e para orações individuais.

Apesar do anúncio, Rouhani pediu à população que não pense que o país se livrou do vírus, e advertiu que o mesmo tardará para desaparecer. Por isso, pediu que os cidadãos respeitem as regras de distanciamento social.

O Irã registra 7.734 mortos pelo novo coronavírus e mais de 148 mil casos de contágio. Nas últimas 24 horas, houve 57 mortes e 2.282 novas infecções, o que mostra que a doença continua se espalhando com força.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade