Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

OMC: segurança alimentar depende cada vez mais do comércio internacional


postado em 30/04/2020 15:34

O vice-diretor-geral da Organização Mundial de Comércio (OMC), Alan Wolff, afirmou nesta quinta-feira, 30, que a segurança alimentar das pessoas depende cada vez mais do comércio internacional, por isso é crucial manter o fluxo de trocas nesse setor. Em seminário virtual "Diálogos de Comércio sobre Alimentos", Wolff disse que os governos foram rápidos em reconhecer o valor do comércio global para a segurança alimentar do mundo, durante a pandemia de coronavírus, e também para adotar medidas concretas para proteger suas cadeias de suprimentos.

Wolff comentou que uma a cada seis pessoas pelo mundo depende quase totalmente do comércio internacional para ser alimentada. "Isso é 17% da humanidade, ou 1,3 bilhão de pessoas", destacou. Atualmente, mais de 30 países do mundo dependem de alimentos importados, não para aumentar sua variedade alimentícia, mas para evitar a fome, ressaltou. Muitos desses países ficam na África e alguns deles, no Oriente Médio, disse. Segundo ele, a dependência do comércio internacional para a segurança alimentar é algo que deve crescer no mundo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade