Publicidade

Estado de Minas

Três ativistas de Pequim estão desaparecidos após arquivarem artigos sobre coronavírus


postado em 27/04/2020 13:55

Três ativistas da Internet em Pequim estão desaparecidos e acredita-se que tenham sido detidos pela polícia por arquivar artigos on-line censurados sobre o novo coronavírus, segundo membros da família.

Chen Mei, Cai Wei e sua namorada com o sobrenome Tang - que contribuíram para o projeto da plataforma de desenvolvimento de software GitHub - desapareceram em 19 de abril, de acordo com o irmão de Chen, Chen Kun.

O projeto conduzido por voluntários, chamado Terminus2049, preservou artigos que foram bloqueados ou removidos da mídia e da mídia social pela censura online da China.

Dois dos voluntários, Cai e Tang, foram acusados de "perturbar a ordem pública e causar problemas" e estão atualmente sob "vigilância residencial em um local designado", de acordo com um aviso da Polícia do Distrito de Chaoyang em Pequim, recebidos por suas famílias e ao qual a AFP teve acesso.

Chen Kun disse que ainda aguarda confirmação oficial da polícia de Chaoyang de que seu irmão mais novo de 26 anos foi detido.

O projeto online incluiu muitos artigos sensíveis sobre o coronavírus publicados nos últimos meses, como narrativas pessoais de cidadãos de Wuhan e uma entrevista com o Dr. Ai Fen, do Hospital Central da cidade, um dos primeiros a falar sobre o vírus.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade