Publicidade

Estado de Minas

Mais de 400 detenções na Turquia por 'provocações' sobre o vírus nas redes sociais


postado em 27/04/2020 09:43

A polícia turca deteve mais de 400 pessoas desde o mês passado acusadas de "provocação" nas redes sociais sobre questões relacionadas à pandemia de COVID-19, informou nesta segunda-feira o ministério do Interior.

"Nos últimos 42 dias, 6.362 contas nas redes sociais foram detectadas, 855 suspeitos foram identificados e 402 pessoas foram detidas", afirmou o ministério em comunicado.

As autoridades turcas procuram qualquer suspeito de espalhar boatos sobre o vírus ou que critique as ações do governo durante a epidemia.

No final de março, o ministério do Interior informou que 410 outras pessoas haviam sido detidas, com base em alegações semelhantes.

Até o momento, a Turquia registrou mais de 2.800 mortes pelo novo coronavírus e mais de 110.000 casos de contágio.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade