Publicidade

Estado de Minas

Prognóstico nos EUA: queda do PIB, mais desempleo e aumento do déficit fiscal


postado em 24/04/2020 16:43

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos pode cair cerca de 12% no segundo trimestre em relação ao primeiro, o desemprego aumentará, assim como o déficit fiscal e a dívida, devido ao impacto do coronavírus, segundo o Escritório Independente de Orçamento da Congresso (CBO, na silga em inglês).

A taxa de desemprego pode chegar a 16% no segundo trimestre devido à suspensão da atividade comercial, de acordo com o relatório publicado nesta sexta-feira por esta agência que fornece informações para discussões orçamentárias no Congresso dos Estados Unidos.

O déficit fiscal pode chegar a US$ 3,7 trilhões este ano, devido aos enormes pacotes de ajuda econômica votados pelo Legislativo para apoiar empresas, indivíduos e hospitais diante da crise. Esse número triplica a estimativa anterior.

A dívida, por sua vez, poderá exceder 100% do PIB no final do ano (101%).

"A economia terá uma forte contração no segundo trimestre de 2020 devido a fatores ligados à pandemia, em particular as medidas de distanciamento social adotadas para tentar contê-la", afirmou em comunicado este escritório (CBO).

A atividade pode ser retomada no terceiro trimestre, devido a preocupações com a redução da pandemia. "Os desafios para a economia e o mercado de trabalho persistirão por um tempo", concluiu.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade