Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Trump considera quarentena por covid em Nova York, Nova Jersey e Connecticut


postado em 28/03/2020 14:40

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que está considerando uma "quarentena forçada" em Nova York, Nova Jersey e partes de Connecticut e pode tomar uma decisão ainda neste sábado, já que a maior cidade do país está se tornando um epicentro da pandemia de coronavírus.

"Talvez não precisemos fazer isso, mas existe a possibilidade de que, em algum momento de hoje, façamos uma quarentena", disse Trump a repórteres em Washington, pouco antes de embarcar em voo com destino a Norfolk, no estado da Virgínia, onde ele planeja ver um navio-hospital da Marinha que está indo para Nova York. O presidente norte-americano disse que a quarentena poderia durar cerca de duas semanas.

Trump não especificou o que uma quarentena implicaria, mas disse que poderia incluir restrições às viagens provenientes de Nova York e Nova Jersey. Somente a cidade de Nova York tem mais de 23 mil casos de Covid-19, quase um quarto de todos os casos registrados nos EUA.

O maior número de casos continua no estado de Nova York, onde 52.318 pessoas estão infectadas e 728 morreram em decorrência da doença até este sábado, afirmou o governador do estado, Andrew Cuomo. O governador democrata disse que não falou com Trump sobre uma quarentena. "Eu não tive essa conversa, nem sei o que isso significa", disse Cuomo em uma entrevista coletiva neste sábado. "Não sei como isso seria legalmente executável e, do ponto de vista médico, não sei o que você realizaria."

Cuomo já ordenou, na semana passada, o fechamento de todas as empresas não essenciais do estado e recomendou aos habitantes que ficassem em casa, classificando a ação como "a mais drástica que poderia ser tomada". Serviços essenciais, como hospitais, supermercados e farmácias, permanecem abertos, e os residentes ainda podem sair para se exercitar e obter mantimentos.

Fonte: Dow Jones Newswires

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade