Publicidade

Estado de Minas

Presidente sírio fala com príncipe herdeiro de Abu Dabi pela 1ª vez desde 2011


postado em 27/03/2020 19:55

O presidente da Síria, Bashar al-Assad, e o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohamed bin Zayed, conversaram por telefone nesta sexta-feira (27), segundo a agência oficial síria Sana, a primeira desde o início do conflito no territó sírio em 2011.

Citando a presidência síria, a Sana relatou uma "conversa por telefone entre o presidente Asad e o príncipe herdeiro de Abu Dhabi ... focada nas conseqüências da propagação do novo coronavírus".

Nessa conversa, o príncipe garantiu a Asad "o apoio dos Emirados Árabes Unidos ao povo sírio durante essas circunstâncias excepcionais", acrescentou a agência.

Em sua conta no Twitter, o príncipe herdeiro de Abu Dhabi confirmou as informações, também fornecidas pela agência oficial do emirado rico do Golfo.

"Eu discuti com o presidente sírio (...) os últimos eventos relacionados (à doença) Covid-19. Garanto-lhe o apoio dos Emirados Árabes Unidos e a vontade de ajudar o povo sírio", afirmou.

"A solidariedade humanitária em tempos difíceis está à frente de qualquer outra consideração, e a Síria e seu povo não estarão sozinhos", acrescentou o príncipe.

Sete anos depois de romper os laços diplomáticos, os Emirados Árabes Unidos reabriram sua embaixada em Damasco em dezembro de 2018.

A Síria é boicotada pelo mundo árabe desde o final de 2011, e países, particularmente os do Golfo, chamaram seus embaixadores de volta para protestar contra a sangrenta repressão do regime aos protestos democráticos, que levaram à guerra civil.

A Síria, devastada por nove anos de guerra, até agora registrou cinco casos do novo coronavírus.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade