Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Evo diz que justiça erra ao vetar sua candidatura


postado em 22/02/2020 06:42

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, exilado em Buenos Aires, considerou um "erro político" a decisão do Tribunal Superior Eleitoral de seu país de não aceitar sua candidatura ao Senado nas eleições de maio.

"Agora não me deixam ser candidato, não respeitam a lei eleitoral", disse Morales. "Com essa decisão, o Tribunal Superior Eleitoral não está garantindo uma eleição limpa." (Agências Internacionais)


Publicidade