Publicidade

Estado de Minas

FMI diz que dívida argentina "não é sustentável" e pede colaboração a credores


postado em 19/02/2020 18:31

A dívida da Argentina "não é sustentável" e o país requer que os credores privados contribuam para torná-la sustntável, concluiu nesta quarta-feira o FMI em um comunicado ao final de sua missão em Buenos Aires.

"Se requer uma operação de dívida definitiva, que gere uma contribuição apreciável dos credores privados, para ajudar a restaurar a sustentatbilidade da dívida com uma alta probabilidade", afirmou a entidade.

A dívida pública global do país supera os 311 bilhões de dólares, mais de 90% do Produto Interno Bruto argentino.


Publicidade