Publicidade

Estado de Minas

Quadrinhos, cubismo e brilho na passarela de Christian Siriano em Nova York


postado em 07/02/2020 13:55

O estilista americano Christian Siriano iniciou a Semana da Moda de Nova York (NYFW) na quinta-feira (6) com um coquetel inspirado em quadrinhos, cubismo e glamour, em uma semana de intensa movimentação com a cerimônia de premiação do Oscar no domingo (9).

Siriano, de 34 anos e na NYFW desde os 22, tornou-se recentemente uma das principais atrações na Semana da Moda.

Esta temporada teve como ponto de partida de sua coleção Outono 2020 os personagens e a atmosfera do filme "Birds of Prey" ("Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa"), inspirada no mundo da DC Comics e que estreou esta semana.

"A ideia principal é que todos nós carregamos uma Arlequina em nós", afirmou Siriano à AFP antes do desfile, referindo-se à protagonista do filme.

Companheira do Coringa, com quem rompeu o relacionamento, Arlequina encara uma anti-heroína radical que oscila entre o bem e o mal.

Siriano queria torná-la "mais romântica, mais bonita, mais elegante".

Para isso, não economizou em lantejoulas e brilho, veludo e tecidos iridescentes.

O estilista, fã do filme, acrescentou seu toque de glamour com vestidos longos, ombros reforçados, babados, franjas e tecidos opulentos.

Também se inspirou no flamenco, com seus babados e chapéus largos de Córdoba, além do cubismo. Todos os últimos vestidos da coleção tinham ângulos.

Enquanto o mundo da moda questiona cada vez mais a relevância dos desfiles, para Siriano eles são absolutamente necessários.

"A moda é tão difícil hoje", afirmou. "Se eu não tivesse isso atualmente (o desfile), algumas das minhas roupas não fariam sentido (...). É por isso que me levanto todos os dias, porque amo esse mundo dos sonhos".

O público celebra a energia do estilista que ganhou fama ao vencer uma temporada do reality show "Project Runway".

"Corro muitos riscos e acho que isso intriga as pessoas", conta o designer. "Nunca se sabe quem estará na primeira fila, ou quais serão as formas" das roupas, disse. "Acho que isso faz as pessoas quererem voltar".

Mimado por Hollywood e pelo mundo do entretenimento em geral, Christian Siriano está passando por um período infernal de trabalho entre o desfile de quinta-feira e a cerimônia do Oscar no domingo, para a qual ele prepara muitos vestidos.

"Metade da minha equipe está na oficina agora" para preparar os vestidos para o tapete vermelho, confidenciou. "Nunca tivemos tanto trabalho".


Publicidade