Publicidade

Estado de Minas

Liga Árabe afirma que plano de Trump viola os direitos dos palestinos


postado em 29/01/2020 08:31

A Liga Árabe criticou nesta quarta-feira o plano americano para acabar com o conflito entre Israel e os palestinos e denunciou uma violação dos direitos dos palestinos.

A proposta, anunciada na terça-feira em Washington pelo presidente americano Donald Trump na presença do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, faz concessões a Israel, mas foi rejeitado pelos palestinos.

"Estudamos minuciosamente a perspectiva dos Estados Unidos e estamos abertos a todos os esforços sérios pela paz", afirmou o secretário-geral da Liga Árabe, Ahmed Abul Gheit.

No entanto, em uma declaração, ele considerou que "uma leitura preliminar do plano mostra uma violação significativa dos direitos legítimos dos palestinos".

Entre outros pontos controversos, o plano americano inclui a anexação por Israel das colônias implantadas na Cisjordânia ocupada desde 1967, particularmente no Vale do Jordão, que, de acordo com a proposta, se tornaria a fronteira oriental de Israel.


Publicidade