Publicidade

Estado de Minas

Premier canadense pede à oposição aprovação rápida do T-MEC


postado em 27/01/2020 23:55

O governo do primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, pediu nesta segunda-feira (27) à oposição que aprove rapidamente o novo acordo de livre comércio entre Canadá, Estados Unidos e México.

O projeto de lei para implementar o novo acordo comercial da América do Norte (T-MEC) será enviado na quarta-feira à Câmara dos Comuns de Ottawa, onde o partido de Trudeau é minoria desde as eleições legislativas de outubro.

O Canadá é o único dos três signatários do tratado que ainda não o aprovou.

"Escutamos os primeiros-ministros (das províncias) dizer claramente que querem uma ratificação rápida", disse Trudeau durante coletiva de imprensa.

"Sim, haverá debates e uma revisão na Câmara dos Comuns, mas nos concentraremos em sua rápida ratificação", assegurou o premier, sem divulgar um calendário.

A ratificação final do acordo é de responsabilidade do governo, mas deve ser aprovado pelo Parlamento.

Sua aprovação parece não ter dúvidas, inclusive embora dois dos três principais partidos da oposição tenham expressado reservas sobre o texto.

O Congresso americano aprovou o T-MEC há dez dias, enquanto o México o ratificou em dezembro.

O T-MEC é uma versão modernizada do Nafta, criticado por Donald Trump.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade