Publicidade

Estado de Minas

Presidente do BCE alerta para perigo de não fazer nada sobre o clima


postado em 23/01/2020 14:31

A presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, advertiu nesta quinta-feira sobre o "perigo de não fazer nada" sobre as mudanças climáticas, acrescentando que esse tema será parte da revisão estratégica da instituição.

"Teremos um debate sobre o lugar que o combate às mudanças climáticas ocupará nas estratégias futuras do BCE", afirmou Largarde. "Mas estou consciente do perigo de não fazer nada e acredito que nem tentar seja no mínimo um fracasso".

Lançada nesta quinta-feira (23) pela instituição que gerencia a moeda europeia, a reavaliação estratégica terá como foco a política monetária, mas "também terão lugar (temas como) a estabilidade financeira, o emprego e o meio ambiente", informou o Banco Central em comunicado oficial.

Uma das medidas mencionada por especialistas seria a de tornar as compras de bens públicos e privados "verdes".

Em 2015, o BCE havia se comprometido a investir mais de EUR 2,6 bilhões (cerca de R$ 11,97 bilhões) na economia para orientar a aquisição de títulos que cumpram critérios ambientais.

"Estou feliz que a questão da sustentabilidade ambiental tenha encontrado o seu lugar", comentou Lagarde à imprensa.

Esse tema, no entanto, renderá um debate acalorado, já que o presidente do Bundesbank, o Banco Central Alemão, se mostra contrário a ele.

"Ao menos devemos tratar de explorar as formas" nas quais o BCE pode atuar contra as mudanças climáticas para apoiar "as determinações da Comissão Europeia, os chefes de Estado e de governo da zona do euro, e cujas discussões já aparecem no setor privado", ressaltou Lagarde.


Publicidade