Publicidade

Estado de Minas

Detidos 47 por tráfico de migrantes entre Marrocos, Gibraltar e Espanha


postado em 12/01/2020 12:49

As polícias da Espanha e Gibraltar anunciaram neste domingo a prisão de 47 pessoas, que teriam envolvimento com o tráfico de migrantes marroquinos entre a África e a Europa através do enclave britânico.

Segundo a polícia de Gibraltar, um enclave localizado no extremo sul da Península Ibérica, "mais de 130 cidadãos marroquinos foram levados para a Espanha" por esta rede.

As autoridades indicaram que os traficantes entravam em contato com futuros migrantes marroquinos em suas cidades de origem e cobravam entre 7.000 e 8.000 (cerca de 35 mil reais) para falsificar documentos para obter vistos de turista para o Reino Unido.

O documento não lhes permitia entrar no espaço europeu de livre circulação conhecido como Schengen, do qual a Espanha faz parte.

Por esse motivo, a rede se encarregava de introduzir ilegalmente imigrantes marroquinos no território espanhol, fazendo-os atravessar a fronteira em veículos off-road com placas de Gibraltar, de acordo com as fontes oficiais.

Uma vez na Espanha, os imigrantes partiam para outras regiões do país ou para outros países europeus, pagando entre 500 e 700 euros (2.200 a 3.200 reais) adicionais.


Publicidade