Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Chinês é preso após tirar fotos de instalação militar na Flórida


postado em 29/12/2019 18:07

Autoridades da Flórida prenderam um cidadão chinês por supostamente tirar fotos de uma instalação militar em Key West, na Flórida. É o incidente mais recente de uma série de fatos que, de acordo com as autoridades, podem refletir a intensificação de atividades de espionagem da China em bases militares nos Estados Unidos.

Liao Lyuyou foi preso após ser visto tirando fotos com um celular em uma área restrita da Estação Naval Aérea de Key West, na quinta-feira, 26, de acordo com documentos protocolados na corte distrital federal do Sul da Flórida. Ele foi entrevistado por oficiais do Serviço de Investigação Criminal Naval (NCIS, na sigla em inglês), preso e transferido sob custódia para o departamento de Polícia de Key West.

Testemunhas afirmaram ter avisado a Liao de que sua entrada na área não era permitida, mas que ele continuou a caminhar na propriedade, tirando várias fotos das instalações militares do local. Ele disse a militares que estava tirando fotos do nascer do sol, e permitiu que eles vissem as imagens, que mostravam a instalação conhecida como Truman Annex. Um porta-voz do serviço naval disse que o FBI (a polícia federal americana) e o NCIS estão investigando a situação.

A prisão vem após um incidente em uma base militar na Virgínia em setembro. Quatro pessoas foram barradas no portão de uma base militar, mas conseguiram entrar no local. Elas dirigiram por cerca de 1,6 quilômetro dentro da base antes de serem parados por uma barreira de caminhões de bombeiros. Duas das quatro pessoas, oficiais da embaixada da China, foram expulsas do país, na primeira punição do tipo em cerca de 30 anos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade