Publicidade

Estado de Minas

Igreja Ortodoxa russa rompe com patriarca de Alexandria por causa da Ucrânia


postado em 26/12/2019 15:55

A Igreja Ortodoxa russa anunciou nesta quinta-feira (26) a ruptura das relações com o patriarca ortodoxo Theodore II de Alexandria e toda a África, que reconheceu a nova Igreja Ortodoxa ucraniana independente da tutela religiosa de Moscou.

O Santo Sínodo da Igreja Ortodoxa russa estipulou que a partir de agora é "impossível" mencionar o nome do Patriarca Theodore II em suas orações e participar de orações e comunhões, informou a instituição após uma reunião em um comunicado publicado no site do patriarca de Moscou.

A declaração denuncia a "decisão pessoal" do patriarca Theodore II de "reconhecer os cismáticos ucranianos", indicando que ele não havia sido apoiado pelo Santo Sínodo de Alexandria ou votado por todos os arcebispos.

O Santo Sínodo russo expressa sua "profunda aflição" pelo reconhecimento da Igreja Ucraniana pelo patriarca Theodore II, e observa que a Igreja Russa manterá relações com os arcebispos de Alexandria que não apoiaram a criação da Igreja ucraniana independente.

A atividade da paróquia de Alexandria em Moscou será suspensa a partir de agora e as paróquias da África deixarão de funcionar sob a tutela do patriarca de Alexandria, ficando sujeitas à autoridade do patriarca russo Kirill, de acordo com o decisão do Santo Sínodo da Rússia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade