Publicidade

Estado de Minas

Sueco planejava atacar escola onde estudou


postado em 23/12/2019 12:31

Um sueco de 21 anos será julgado por planejar um ataque contra sua ex-escola de Ensino Médio, atentado que tinha programado para coincidir com o aniversário do massacre de Columbine, nos Estados Unidos - noticiou o jornal "Dagens Nyheter", nesta segunda-feira (23).

O jovem foi detido por acaso duas semanas antes de 20 de abril, data do 20º aniversário do massacre cometido por dois estudantes da escola de Columbine, um pequena cidade do Colorado. A dupla matou 12 estudantes e um professor e se suicidou na sequência.

A polícia sueca havia encontrado réplicas de armas de fogo, explosivos e latas de gasolina na casa do suspeito.

Em seu diário pessoal, que tinha uma suástica na capa, ele fez esboços dos cômodos da escola que queria destruir com explosivos.

"Provavelmente teria levado seu projeto adiante, se não tivesse sido detido", disse seu advogado, Jan Kyrö.

Seu cliente, que enfrenta uma longa sentença de prisão, admitiu os fatos, mas negou ter tido a intenção de matar.

"Não quero passar por um louco, mas posso ser uma reencarnação de Eric Harris", um dos dois assassinos de Columbine, escreveu o acusado em seu diário.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade