Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Rússia vai exportar 65 bilhões de m³ de gás para Europa via Ucrânia em 2020


postado em 21/12/2019 10:02

A Rússia vai enviar à Europa 65 bilhões de metros cúbicos de gás natural em 2020 em outros 40 bilhões nos quatro anos seguintes através de dutos que cruzam a Ucrânia. Os termos do acordo entre os dois países, com duração de cinco anos, foram divulgados pelas autoridades russas neste sábado, 21.

O novo contrato afasta as preocupações de que a Europa ter o abastecimento do bem prejudicado nos próximos anos, já que depende do gás natural russo para aquecimento e energia na indústria. O acordo anterior entre Rússia e Ucrânia para transmissão do gás expira ainda em 2019.

A renovação do acordo também assume maior importância após a aprovação pelos Estados Unidos, nesta sexta-feira, 20, de sanções contra empresas que participem da construção do duto Nord Stream 2, que vai ligar Rússia e Alemanha para transmissão direta do gás. A empresa suíça Allseas, que participa do projeto, anunciou que suspenderia as atividades do empreendimento.

O acordo ainda prevê o pagamento de uma multa de US$ 2,9 bilhões pela Rússia à Ucrânia para encerrar disputas anteriores sobre o trânsito do gás.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade