Publicidade

Estado de Minas

Papa Francisco pede mudança à Igreja em um Ocidente em vias de descristianização

Francisco advertiu ainda contra a rigidez e a tentação de refugiar-se no passado, no momento em que devem ser feitas 'mudanças significativas'


postado em 21/12/2019 11:01 / atualizado em 21/12/2019 11:22

(foto: Vincenzo Pinto/AFP )
(foto: Vincenzo Pinto/AFP )

O papa Francisco pediu neste sábado à Cúria Romana, o governo da Igreja, uma "profunda mudança de mentalidade" no contexto de um Ocidente em processo de descristianização.


"Não estamos mais no cristianismo, não estamos! Já não somos os únicos hoje a produzir cultura, nem os primeiros nem os mais ouvidos", afirmou o pontífice em sua tradicional felicitação à Cúria.


"Já não estamos mais em um regime de cristianismo porque a fé, especialmente na Europa, mas também em grande parte do Ocidente, não constitui mais um orçamento para conviver juntos. Pior ainda, (a fé) é negada, burlada, marginalizada e ridicularizada", disse o papa argentino diante de seus principais cardeais.


Esta "mudança de época obriga a uma mudança de mentalidade pastoral", completou o primeiro pontífice latino-americano da história, que desde sua eleição em 2013 tenta reformar as estruturas internas da Cúria.


Francisco advertiu ainda contra a rigidez e a tentação de refugiar-se no passado, no momento em que devem ser feitas "mudanças significativas".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade