Publicidade

Estado de Minas

Unesco remove o carnaval belga de lista de patrimônio por antissemitismo


postado em 13/12/2019 14:49

A Unesco retirou o carnaval belga da cidade Alost de sua lista de Patrimônio Imaterial da Humanidade, depois de denunciar suas expressões antissemitas e racistas, conforme anunciado pela agência da ONU nesta sexta-feira no âmbito da reunião realizada em Bogotá.

O carnaval perdeu a distinção que recebeu em 2010.

"O Comitê baseou sua decisão no fato de que suas repetições recorrentes (...) de representações racistas e antissemitas são incompatíveis com os princípios fundamentais da Convenção para a salvaguarda do patrimônio cultural imaterial", justificou a Unesco.

É a primeira vez que a Unesco aplica uma medida tão drástica.

A comunidade judaica da Bélgica já havia reagido com indignação à presença no desfile de um carro que caricaturava judeus ortodoxos com narizes de gancho e sentados em sacos de ouro.

Em seu comunicado, o órgão das Nações Unidas considerou que o carnaval havia exibido em várias ocasiões "mensagens, imagens e representações" estereotipadas que insultam a memória de "experiências históricas dolorosas que incluem genocídio, escravidão e segregação racial".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade