Publicidade

Estado de Minas

Boris Johnson pede apoio a eleitores para virar a página do Brexit


postado em 29/11/2019 14:01

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pediu o apoio de seus eleitores, a menos de duas semanas das eleições legislativas, para obter uma confortável maioria que permita virar a página do Brexit, que tem jogado o Reino Unido em uma profunda crise política.

As pesquisas dão ao dirigente conservador clara vitória nas eleições de 12 de dezembro, com uma maioria na Câmara dos Comuns, o que lhe permitiria ratificar o acordo sobre o Brexit negociado com a União Europeia.

"Um voto em outro partido é um voto contra a mudança", declarou Johnson em uma coletiva de imprensa em Londres.

Johnson espera abandonar a UE antes do final de janeiro, e estabelecer um novo acordo comercial com o bloco antes do fim de 2020. Assim, espera deixar para trás um tema que envenena a vida política britânica há mais de três anos.

Para ganhar nessas eleições, os conservadores querem seduzir os eleitores trabalhistas do norte da Inglaterra, que votaram a favor do Brexit.

"Realizar o Brexit" é o slogan de Boris Johnson, que se alimenta da frustração de 52% dos britânicos que votaram por sair da UE, e do cansaço da população.

Johnson promete, se conseguir a maioria, apresentar o acordo do Brexit aos deputados antes do Natal e abandonar a UE antes de 31 de janeiro, sem um novo adiamento.

Seu principal rival, Jeremy Corbyn, líder do Partido Trabalhista, deseja renegociar um acordo de saída nos três meses seguintes à sua chegada ao poder, e submetê-lo a referendo.


Publicidade