Publicidade

Estado de Minas

Presidente interina promulga lei para eleições gerais na Bolívia


postado em 24/11/2019 12:31

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, promulgou neste domingo (24) a lei para convocar a novas eleições generais e que excluem o ex-presidente exilado Evo Morales do próximo pleito, após um mês de protestos com 32 mortos.

Em um ato na sede do governo, a presidente assinou o chamado "Regime Excepcional e Transitório para a realização das Eleições Gerais", que anula as eleições em que Morales foi reeleito em 20 de outubro e que desencadeou a crise pela suposta manipulação de resultados.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade