Publicidade

Estado de Minas

Divórcio de pais provoca ataque com soda cáustica em escola na China

Kong, como é conhecido o suspeito, escalou muro para jogar produto químico em crianças e professores; mais de cinquenta estão feridos


postado em 12/11/2019 08:31 / atualizado em 12/11/2019 09:43

(foto: Wikipedia)
(foto: Wikipedia)

Mais de 50 pessoas, em sua maioria crianças, ficaram feridas em uma escola na China em um ataque com soda cáustica contra alunos e professores.


A agressão aconteceu na tarde de segunda-feira na cidade de Kaiyuan, na província de Yunnan, anunciaram as autoridades na rede social Weibo.


A prefeitura informou que um suspeito de 23 anos escalou o muro da escola e jogou soda cáustica nas vítimas.


Três professores e 53 crianças foram hospitalizados. Duas pessoas têm "sintomas graves", mas estão fora de perigo, informaram as autoridades locais.


De acordo com a prefeitura, o comportamento do suspeito, identificado apenas como Kong, foi motivado pelo divórcio dos pais, que provocou um "desequilíbrio psicológico".


A China já registrou outros ataques similares contra escolas. Em novembro de 2018 um homem de 20 anos matou um estudante em uma escola politécnica, também na província de Yunnan.



 


Publicidade