Publicidade

Estado de Minas

Eduardo Bolsonaro desiste de indicação para embaixador nos EUA


postado em 22/10/2019 23:31

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, anunciou nesta terça-feira (22) que desistiu da indicação para o cargo de embaixador nos Estados Unidos.

Durante uma sessão na Câmara dos Deputados, Eduardo, 35 anos, declarou formalmente que abre mão de concorrer ao cargo, um dia depois de seu pai, que está em viagem oficial à Ásia, ter afirmado que Nestor Forster, atual encarregado de negócios do Brasil em Washington, era "um bom nome" para a oposição.

"Foi uma decisão que eu estava pensando há muito tempo. A gente escuta conselho de muita gente. Além disso, tem a questão do meu eleitorado. Confesso, não era a maioria que estava apoiando ali", disse Eduardo Bolsonaro à imprensa em Brasília, citado pelo portal de notícias G1.

Conhecido como "03", o deputado afirmou que seu pai não teve influência na decisão.

O presidente falou na segunda-feira que acreditava que Eduardo Bolsonaro poderia ajudar a "pacificar" o PSL, que está passando por uma crise em meio a divisões e confrontos internos que envolvem o deputado diretamente.

"No meu entender, (o melhor é) ele ficar lá, no Brasil, até para pacificar o partido ali", declarou o presidente em visita ao Japão.

Nesta terça-feira, o deputado, atual líder do partido na Câmara depois de várias disputas internas, disse que quando seu pai mencionou seu nome pela primeira vez, em julho, ele ficou "surpreso".

"Não esperava que isso acontecesse. Num primeiro momento eu fiquei feliz sim, óbvio. Quem não se sente prestigiado para assumir esse posto? Porém, no decorrer do processo, com amadurecimento, conversas e etc., foi me fazendo pensar e culminou hoje aqui com essa decisão", acrescentou, citado pelo G1.


Publicidade