Publicidade

Estado de Minas

Trump é criticado após descrever processo de impeachment como 'linchamento'


postado em 22/10/2019 11:37

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira (22) que a investigação que pode levar a um impeachment contra ele é um "linchamento", uma palavra relacionada a um período sombrio da escravidão no país.

"Todos os republicanos devem se lembrar do que estão testemunhando: um linchamento. Mas venceremos!", tuitou Trump.

O comentário provocou reações imediatas. Kristen Clarke, presidente do Comitê Nacional de Advogados para os Direitos Civis nos termos da Lei, disse se sentir "enojada ao ver a grave apropriação indevida deste termo por parte de Trump".

Clarke lembrou que 4.743 pessoas foram linchadas nos Estados Unidos entre 1882 e 1968. Deste total, 3.446 eram negras.

"Os linchamentos foram crimes contra a humanidade e uma parte desagradável da história da violência racial em nossa nação", ressaltou.

Para o pré-candidato democrata Julián Castro, "é mais do que vergonhoso usar a palavra 'linchamento', porque ele é, de fato, responsável por suas ações".

Trump está sendo investigado pela Câmara dos Representantes, em um processo liderado pelos democratas para seu impeachment. A expectativa do presidente é que o Senado, dominado pelos republicanos, absolva-o, caso a oposição vote a favor de sua destituição.


Publicidade