Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Presidente do Chile reverte aumento da tarifa do metrô em meio a protestos


postado em 19/10/2019 22:15

O presidente chileno, Sebastián Piñera, decidiu revogar o aumento na tarifa do metrô, medida que havia motivado uma série de protestos estudantis ao longo da última semana. A suspensão da alta tarifária acontece menos de um dia depois de o país ter declarado estado de emergência devido ao caos que se instalou na capital com as manifestações.

Os protestos dos estudantes contra a alta da tarifa do metrô começaram na segunda-feira e foram escalando ao longo da semana. Na sexta-feira, os atos se tornaram violentos, com milhares de estudantes ateando fogo e danificando estações de metrô. Segundo as autoridades chilenas, 156 policiais e 11 civis ficaram feridos, e mais de 300 pessoas foram detidas. Fonte: Associated Press.


Publicidade