Publicidade

Estado de Minas

Órgão regulador dos mercados dos EUA bloqueia obtenção de fundos do Telegram


postado em 11/10/2019 21:19

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, em inglês) conseguiu nesta sexta-feira (11) na justiça o bloqueio temporário da campanha de arrecadação de fundos da plataforma de troca de mensagens Telegram, que pretende lançar ainda neste mês uma moeda virtual.

A SEC apresentou a ação na justiça porque o Telegram, que já conseguiu 1,7 bilhão de dólares para seu projeto de criptomoeda, não havia registrado sua oferta e suas condições no órgão regulador, segundo um comunicado da entidade.

Esse é um sério revés para o Telegram, cujas ambições no campo das moedas virtuais passam por alcançar uma legitimidade regulatória perfeita para neutralizar a imagem duvidosa das criptomoedas.

O Telegram, que afirma ter 250 milhões de usuários, anunciou o lançamento de sua moeda virtual, "Gram" para antes de 31 de outubro.

A SEC estima que os fundos já obtidos pela empresa estão muito acima das necessidades de financiamento de sua moeda virtual e o desenvolvimento de seu serviço de mensagens, entre outras considerações.


Publicidade