Publicidade

Estado de Minas

Irã denuncia "acusações ridículas" de europeus sobre ataques na Arábia Saudita


postado em 24/09/2019 11:55

O Irã rejeitou nesta terça-feira as acusações "ridículas" da Alemanha, Grã-Bretanha e França, que consideram Teerã responsável dos ataques de 14 de setembro contra duas infraestruturas de petróleo na Arábia Saudita.

"Essas acusações sem provas se baseiam unicamente em razões ridículas, segundo as quais, 'não há outra explicação' para esclarecer esses ataques", criticou o ministério das Relações Exteriores do Irã em comunicado.

O presidente francês Emmanuel Macron, a chanceler alemã Angela Merkel e o primeiro-ministro britânico Boris Johnson apoiaram os Estados Unidos na segunda-feira em suas conclusões sobre a autoria dos ataques contra Abqaiq, a maior usina de processamento de petróleo do mundo, e o campo de petróleo dos Khurais.

"Está claro para nós que o Irã é responsável. Não há outra explicação", disseram eles em comunicado conjunto no final de uma reunião tripartida realizada à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova York.

"A República Islâmica do Irã enfatiza que tais acusações contra um país terceiro, em torno de um ataque que ocorreu no âmbito de um conflito armado entre sauditas e iemenitas e foi reivindicado por forças iemenitas, constituem uma ação provocadora e prejudicial ", indica a reação oficial do Irã.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade