Publicidade

Estado de Minas

Inflação aumenta levemente em agosto nos EUA


postado em 12/09/2019 12:43

Os preços ao consumidor nos Estados Unidos aumentaram mais em mais de um ano, após a alta nos custos de serviços hospitalares e medicamentos sem receita, de acordo com um relatório do governo publicado nesta quinta-feira.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que acompanha os custos de bens e serviços domésticos, aumentou 1,7% em relação a agosto do ano passado, um décimo de ponto abaixo do mês anterior, pressionado pela queda dos preços da gasolina e da eletricidade.

Porém, quando os preços voláteis de alimentos e energia são eliminados, o IPC "básico" aumentou 2,4%, o maior ganho desde julho do ano passado.

Os custos de moradia, tarifas aéreas, preços de carros usados e o custo de recreação elevaram o índice.

Em relação a julho, o IPC aumentou apenas 0,1%, em linha com as expectativas.

Os economistas esperam amplamente que o Fed anuncie outro corte nas taxas de juros na próxima semana, apesar do crescimento econômico estável, fortes mercados de trabalho e gastos resilientes dos consumidores em meio à incerteza criada pela guerra comercial na China.

Em um relatório separado, o Departamento do Trabalho disse que os salários ajustados à inflação aumentaram em agosto.

O salário médio por hora aumentou 0,4% em relação a julho, sugerindo que os consumidores podem ter liquidez para apoiar o crescimento contínuo das vendas no varejo, uma peça essencial da economia.


Publicidade