Publicidade

Estado de Minas

Ambientalista Greta Thunberg se une a manifestantes na ONU


postado em 30/08/2019 18:01

A ativista ambiental sueca Greta Thunberg se uniu a centenas de outros adolescentes em um protesto em frente à sede das Nações Unidas, nesta sexta-feira, em sua primeira manifestação nos Estados Unidos.

"Quando soubemos que Greta estaria aqui, sabíamos que não podíamos perder. Ela é nossa inspiração", disse Atara Saunders, de 17 anos, que viajou da Filadélfia para Nova York.

Thunberg, de 16 anos, conclamou estudantes e adolescentes do mundo todo a se reunirem às sexta-feiras, em um pedido de ação para salvar o planeta.

"Parem de negar que a Terra está morrendo" e "Somos os próximos a votar", gritaram as centenas de manifestantes, entre eles, algumas crianças.

Alguns dos jovens estavam indo a um protesto pela primeira vez.

"Eu sabia que teria celebridades como Greta aqui. Eu acho que é uma ótima ideia. Alguma coisa precisa mudar", disse o nova-iorquino de 13 anos Gabriel Kunin.

Thunberg passou rapidamente pelo protesto, antes de entrar na ONU, onde tinha uma reunião com a presidente da Assembleia Geral, Maria Fernanda Espinosa, do Equador.

Durante o encontro de dez minutos, Thunberg pediu "ações, e não palavras", disse um porta-voz de Espinosa.

A ativista vai participar da cúpula da ONU em 23 de setembro, mas se recusou a ir de avião a Nova York devido à pegada de carbono desse meio de transporte. Ela velejou até a cidade, durante 15 dias.

Thunberg afirmou que ainda não sabe quando voltará à Europa.


Publicidade