Publicidade

Estado de Minas

Timor Leste celebra 20 anos do referendo de independência


postado em 30/08/2019 06:26

Timor Leste celebra nesta sexta-feira o 20º aniversário do referendo que permitiu à pequena nação de língua portuguesa do sudeste da Ásia encerrar a ocupação indonésia e abriu o caminho para a independência.

Bandeiras e faixas foram espalhadas pela capital Dili, enquanto os moradores se preparavam para acompanhar as festividades programadas para celebrar a transição do país a uma democracia independente.

Os parentes das vítimas da violência que explodiu após a vitória do "Sim" no referendo de 1999, no entanto, ainda aguardam justiça.

"O exército e as milícias indonésias mataram os que permitiram a independência desta nação", declarou Vital Bere Saldanha, de 48 anos, que viu a morte de quatro de seus irmãos no caos após o plebiscito.

"A luta pela liberdade não aconteceu facilmente", declarou à AFP.

Em 30 de agosto de 1999, quase 80% dos eleitores de Timor Leste votaram a favor da separação da Indonésia, que invadiu a ex-colônia portuguesa em 1975. A ocupação militar indonésia durante 24 anos foi muito violenta e matou mais de 25% da população.

O entusiasmo após a votação de 1999 se transformou rapidamente em terror quando as forças de segurança indonésias, auxiliadas por milícias, iniciaram uma onda de violência que provocou a morte de 1.400 pessoas e a fuga de milhares de moradores.

Timor Leste, país do sudeste asiático situado ao norte da Austrália, com 1,3 milhão de habitantes atualmente, obteve a independência apenas em 2002.

As festividades pelo 20º aniversário do referendo coincidem com a visita de autoridades estrangeiras, entre eles o primeiro-ministro australiano Scott Morrison.

Timor Leste e Indonésia tentaram virar a página da violência. Em 2008, uma comissão de reconciliação concluiu que crimes contra a humanidade foram cometidos em 1999, mas os líderes dos dois países não processaram os militares considerados responsáveis pelos massacres.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade