Publicidade

Estado de Minas

Navio humanitário 'Open Arms' pede asilo para migrantes menores à Espanha


postado em 12/08/2019 18:13

A ONG espanhola Proactiva Open Arms apresentou nesta segunda-feira (12) um pedido de asilo à Embaixada da Espanha em Malta para 31 migrantes menores de idade africanos resgatados no começo de agosto no Mediterrâneo, segundo uma mensagem oficial consultada pela AFP.

"À embaixadora da Espanha em Malta, solicito (...) que repasse ao Governo da Espanha este pedido de asilo dos menores relacionados abaixo", para que seja tratada com "urgência", afirma o capitão do navio barco "Open Arms" Marc Reig nesta carta enviada pela ONG.

"Todos os menores citados cumprem as condições para serem reconhecidos como refugiados", afirma Reig, cuja embarcação se encontra em águas internacionais em frente à ilha italiana de Lampedusa.

O capitão destaca que já levou o caso ao tribunal de menores de Palermo (Itália) "sem conseguir resposta" e afirma que Itália e Malta "rejeitaram expressamente a entrada do barco".

O governo de Malta anunciou no sábado que aceitou receber 39 migrantes resgatados na noite passada, mas rejeitou outros 121 já a bordo do navio há nove dias, o que provocou duras críticas da ONG espanhola.

Por razões de saúde, alguns migrantes puderam então ser transferidos de helicóptero para Malta e Lampedusa. Ainda há 151 pessoas a bordo.

"Previsão de ondas de 2,2m de altura para quarta-feira à tarde. A Itália decretou a proibição de entrada em suas águas territoriais para #OpenArms para se proteger no abrigo de Lampedusa. Malta nega a entrada em suas águas territoriais para se proteger no abrigo de Malta. Tudo ótimo", escreveu nas redes sociais Oscar Camps, fundador do ONG espanhola.


Publicidade