Publicidade

Estado de Minas

71a edição do Emmy não terá apresentador


postado em 07/08/2019 18:55

Assim como a última premiação do Oscar, a cerimônia do Emmy, o principal prêmio da televisão americana, não terá um apresentador para animar sua 71a edição, em 22 de setembro, anunciaram os organizadores nesta quarta-feira (7).

Segundo o diretor-executivo da Fox Entertainment, Charlie Collier, esta decisão permitirá que a cerimônia dedique mais tempo à grande quantidade de séries que se despedem este ano, incluindo "Game of Thrones", indicada em 32 categorias, um recorde.

"Ter um apresentador e um número de abertura representa de 15 a 20 minutos que não podem ser empregados em homenagear as séries", disse em um encontro com jornalistas.

A última edição do Emmy sem apresentador foi em 2003. Isso já havia acontecido em 1975 e 1998.

A decisão de não ter apresentador ajudará também a dinamizar uma cerimônia com frequência considerada lenta demais e cujos números de audiência foram decepcionantes no ano passado.

Em fevereiro, o Oscar não teve apresentador, já que o candidato Kevin Hart teve que renunciar depois do ressurgimento de velhos tuítes homofóbicos. A noite foi um sucesso e a audiência melhorou, sendo uma grande satisfação para a Academia.


Publicidade