Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Chanceler declara que tomará ações legais para proteger mexicanos nos EUA


postado em 04/08/2019 17:19

O secretário das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, chamou de "ato de barbaridade" o tiroteio em El Paso, Texas, no sábado, e declarou que o governo tomará ações jurídicas para proteger cidadãos mexicanos que vivem nos Estados Unidos. Autoridades do país reportam que três mexicanos morreram e outros seis ficaram feridos no ataque.

"Nossa prioridade é proteger as famílias afetadas, e depois, tomaremos ações legais, eficazes e contundentes para exigir que hajam condições para proteger a comunidade mexicana nos Estados Unidos", afirmou Ebrard em vídeo publicado online.

El Paso, próxima à fronteira texana com o México, é um destino comercial popular entre mexicanos. Autoridades americanas investigam se o atirador tinha os hispânicos como alvo preferencial.

*Com informações da Associated Press.


Publicidade