Publicidade

Estado de Minas

Montadoras fecham acordo com Califórnia para reduzir emissões de CO2


postado em 25/07/2019 16:13

As fabricantes de automóveis Ford, Honda, Volkswagen e BMW anunciaram, nesta quinta-feira (25), um acordo com a Califórnia para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa de seus veículos, ignorando a postura do governo de Donald Trump, que quer flexibilizar as exigências ambientais.

Em sigilo, o estado da Califórnia e as fabricantes negociaram o acordo para evitar normas mais ou menos rigorosas em diferentes partes dos Estados Unidos.

"Estamos todos de acordo que um marco que garanta uma solução nacional é o melhor cenário", declararam as fabricantes em um comunicado.

Quando Trump chegou ao poder, ele deixou de endurecer as normas adotadas no fim do mandato de Barack Obama, mas o estado da Califórnia, que há décadas tem autonomia neste tema, anunciou sua intenção de adotar e seguir sua própria legislação.

O acordo estabelece uma redução média das emissões destes gases de 3,7% a cada ano.

O jornal "The Washington Post" disse que, para 2026, os novos modelos deverão ter rendimento de 50 milhas por galão de combustível - o equivalente a 4,7 litros a cada 100 quilômetros -, em vez das 37 milhas atuais.

"É uma declaração de princípios, a fim de estimular o governo federal a adotar um caminho mais construtivo", afirmou Mary Nichols, reguladora ambiental da Califórnia, em entrevista ao "Post".

A meta acordada é um pouco menos ambiciosa do que a redução de 5% ao ano estabelecida por Obama.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade