Publicidade

Estado de Minas

Ataques de milícias ugandesas matam 12 civis na República D. do Congo


postado em 23/07/2019 09:49

Doze civis, incluindo duas crianças, foram mortos com facões e disparos em ataques atribuídos a milícias muçulmanas ugandesas em Beni, no leste da República Democrática do Congo.

"Sofremos dois ataques simultâneos em Beni na madrugada de terça-feira", informou à AFP Donat Kibwana, administradora desse território, acusando as milícias das Forças Democráticas Aliadas (ADF) pelos crimes.

A ADF, presente no leste da RDC desde 1995, foi acusada pelo governo congolês e pela missão das Nações Unidas de matar civis na região de Beni, causando mais de 1.000 mortes desde outubro de 2014.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade