Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Futuro governo britânico já está ameaçado


postado em 17/07/2019 07:06

O ex-chanceler Boris Johnson é o favorito para substituir a premiê Theresa May à frente do Reino Unido. Ele disputa a liderança do Partido Conservador - e o cargo de primeiro-ministro - contra o atual chanceler Jeremy Hunt. O eventual governo de Johnson, no entanto, já está ameaçado antes de começar.

Na segunda-feira, os dois candidatos rejeitaram o "backstop", mecanismo criado por May para evitar uma fronteira física entre Irlanda e Irlanda do Norte. Mas ontem tanto UE quanto Irlanda reforçaram que não aceitarão o Brexit sem o "backstop", o que deixou o país mais perto de sair do bloco sem acordo - o que seria catastrófico para a economia, segundo as contas do próprio governo.

Por isso, cresce no Partido Conservador um movimento para derrubar um governo de Johnson ou de Hunt. Ao Guardian, o deputado Dominic Grieve disse ontem que ministros e parlamentares seriam obrigados a "derrubar" Johnson caso ele insista em um Brexit sem acordo.



As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade