Publicidade

Estado de Minas

Nova York inicia celebração de Orgulho Gay com concerto beneficente


postado em 27/06/2019 01:31

As celebrações do 50° aniversário dos protestos que iniciaram a revolução homossexual nos Estados Unidos começaram nesta quarta-feira, em Nova York, com um concerto beneficente apresentado pela atriz Whoopi Golberg e estrelado por Cyndi Lauper, do sucesso "Girls Just Wanna Have Fun".

O evento, celebrado no Barclays Center do Brooklyn, marca o início de vários dias de comemorações dos 50 anos dos distúrbios de Stonewall, quando homossexuais enfrentaram policiais no bairro de Greenwich Village, em Nova York.

A arrecadação do concerto desta quarta-feira será entregue a três associações de Nova York que defendem os direitos LGTBQ.

Em junho de 1969, seis noites de protestos em Nova York marcaram o início da revolução gay e as comemorações deste ano terão a mesma duração.

Cerca de quatro milhões de pessoas são esperadas na Grande Maçã para participar do que os organizadores chamam de "Olimpíadas do Orgulho Gay".

Haverá shows, espetáculos teatrais, exibição de filmes, conferências e um tour gratuito sobre o poeta Walt Whitman no Brooklyn para prestar homenagem aos homossexuais, drag queens e transexuais que, em 28 de junho de 1969, deram basta ao abuso policial e encurralaram um grupo de agentes dentro do bar gay Stonewall Inn, no Greenwich Village.

Os eventos culminarão no domingo com A Parada do Orgulho Gay Mundial ao longo da Quinta Avenida, passando em frente ao Stonewall antes de dirigir-se para Chelsea.

Os organizadores contam com a presença de milhares de manifestações e mais de 160 carros alegóricos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade