Publicidade

Estado de Minas

Descoberta nova espécie de dinossauro no sul do Brasil


postado em 26/06/2019 20:26

Um tipo até agora desconhecido de dinossauro carnívoro de pouco mais de um metro e meio de comprimento que viveu há 90 milhões de anos foi identificado no sul do Brasil, informaram nesta quarta os pesquisadores que fizeram a descoberta.

O Vespersaurus paraensis foi batizado em homenagem ao estado do Paraná; "vesper", "oeste" ou "entardecer" em latim, porque foi localizado no oeste dessa região, explicou o boletim oficial.

O fóssil foi encontrado efetivamente no município de Cruzeiro do Oeste. Paleontólogos da Universidade de São Paulo, da Universidade Estadual de Maringá, do Museu Argentino de Ciências Naturais e do Museu de Paleontologia de Cruzeiro do Oeste estiveram encarregados das pesquisas.

O paleontólogo Max Langer, à frente do estudo, explicou que foi fácil classificar a nova espécie uma vez descoberta porque tem uma característica única: "uma garra do pé em forma de lâmina que utilizava na captura de pequenas presas".

O que se sabe até agora do Vespersaurus paraensis o situa na linhagem dos terópodes, grupo dos dinossauros carnívoros bípedes, que também inclui os famosos tiranossauro e velociraptor, explica o boletim da equipe de pesquisadores.

Cruzeiro do Oeste é uma pequena cidade com uma população estimada de 21.000 pessoas. Foi ali onde na década de 1970 foram descobertas pegadas que só agora identificadas como pertencentes a este novo tipo de dinossauro.

A região noroeste do Paraná foi no passado um deserto e as descobertas sugerem que a espécie estava adaptada a esse tipo de clima.

Ali foram descobertas outras espécies da era dos dinossauros e segundo os especialistas, a mais recente descoberta deve "catapultar" as pesquisas paleontológicas na região.

"É uma área riquíssima, mas pouco explorada, que provavelmente levará grandes novidades ao mundo da paleontologia", disse Neurides Martins, diretora do Museu de Paleontologia de Cruzeiro do Oeste.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade