Publicidade

Estado de Minas

Comunicado do Business Wire :Patient Safety Movement Foundation


postado em 25/06/2019 13:49

Visando promover a formação de profissionais de saúde e reduzir o número de mortes evitáveis, a Patient Safety Movement Foundation (PSMF) desenvolveu um programa curricular básico para ensinar a segurança dos pacientes ao longo de todo o processo educacional, do primeiro ano de graduação até a residência. A formação e o desenvolvimento contínuos de estudantes e profissionais de saúde aumentam a qualidade do tratamento de pacientes e eliminam erros médicos evitáveis.

Ao se comprometerem com o programa curricular de segurança de pacientes (Soluções Acionáveis para a Segurança dos Pacientes n.º 17), os participantes se comprometem a:

-- aprimorar os conhecimentos científicos, assim como o lado humano, da segurança dos pacientes;

-- obter as competências necessárias para aplicar práticas de tratamento seguras que visem reduzir os erros médicos;

-- valorizar o papel de pacientes e familiares como integrantes da equipe de assistência à saúde;

-- demonstrar comportamentos eficazes de funcionários e equipes que apoiem uma cultura justa e um desempenho confiável no sistema de saúde;

-- promover a meta de erradicar as mortes evitáveis de pacientes.

"Ajudar estudantes e profissionais de saúde a compreenderem como integrar a segurança dos pacientes em tudo o que fazem é fundamental para criar uma cultura e infraestrutura que reduzam os danos evitáveis em pacientes", afirmou David Mayer, diretor executivo da Patient Safety Movement Foundation. "Nosso programa curricular faz isso e transmite a esse público os comportamentos e ferramentas necessários para evitar erros médicos."

Quatro organizações já se comprometeram com esse programa curricular: Chapman University School of Pharmacy, Universidad Autónoma de México (UNAM) School of Medicine, San Diego State University (SDSU) School of Nursing e Geisinger Commonwealth School of Medicine.

A Chapman University apresentará integralmente os conceitos de segurança de pacientes a estudantes de farmácia. O programa curricular de segurança de pacientes será iniciado no primeiro ano da faculdade para formar profissionais iniciantes com uma ampla base de conhecimentos e competências que possam ser empregadas para aumentar a segurança dos pacientes. O plano estratégico quinquenal da Chapman requisita atividades e investimentos específicos em pesquisa, formação e prática relacionadas à segurança dos pacientes.

A UNAM utilizará esse programa curricular para intensificar seu papel no atendimento clínico por meio da gestão da segurança dos pacientes e integrá-lo plenamente ao processo de ensino. Além disso, a UNAM continuará utilizando simulação como um componente fundamental de sua preparação de estudantes para a prática clínica, tanto em seus cursos de graduação como de pós-graduação.

A SDSU incorporará o programa curricular de segurança de pacientes em seu programa Formação em Qualidade e Segurança para Enfermeiros (Quality and Safety Education for Nurses, QSEN) nas atualizações de conteúdo do plano de estudos durante os anos acadêmicos de 2019 a 2021. Os conceitos básicos serão integrados em cursos de formação profissional a conceitos mais avançados incluídos no ensino de competências de enfermagem, assistência avançada e simulações de cuidados intensivos.

A Geisinger Commonwealth identificou esse programa curricular como uma oportunidade de enfatizar sua comunicação centrada no paciente, a segurança dos pacientes e a melhoria da qualidade. O compromisso assumido pela Geisinger ajudará a manter a segurança dos pacientes como um elemento de destaque de seu atual conteúdo curricular. Simulações e ambientes clínicos serão utilizados para desenvolver competências em segurança de pacientes.

"Queremos agradecer não só a essas escolas de ensino médico, de farmácia e enfermagem com pensamento prospectivo na vinculação da segurança dos pacientes ao educarem seus alunos ao longo de todo seu processo educacional, mas também ao comitê diretivo da Patient Safety Movement Foundation por assumir a desafiadora tarefa de criar o programa curricular de segurança de pacientes para ser implementado por todas as instituições de ensino", declarou Joe Kiani, fundador e presidente do conselho da Patient Safety Movement Foundation. "Essa ferramenta já se encontra gratuitamente à disposição de universidades para implementação, e esperamos que todas o façam para que, em uma década, a segurança dos pacientes esteja de fato vinculada a todas as profissões."

Para obter mais informações sobre a Patient Safety Movement Foundation ou assumir seu compromisso, acesse patientsafetymovement.org.

Sobre a Patient Safety Movement

Mais de 200 mil pessoas morrem todos os anos em hospitais dos EUA, e 4,8 milhões em todo o mundo, de formas que poderiam ser evitadas. A Patient Safety Movement Foundation é uma organização global sem fins lucrativos que cria ferramentas gratuitas para pacientes e hospitais. A Patient Safety Movement Foundation foi estabelecida a partir do apoio da Masimo Foundation for Ethics, Innovation, and Competition in Healthcare com o objetivo de reduzir a ZERO o número de mortes evitáveis. Aprimorar a segurança do paciente exigirá um esforço de colaboração de todas as partes interessadas, o que inclui pacientes, fornecedores de assistência à saúde, empresas de tecnologia médica, governos, empregadores e contribuintes privados. A Patient Safety Movement Foundation trabalha com todas as partes interessadas para abordar os problemas com soluções acionáveis para a segurança dos pacientes. A fundação realiza também a Cúpula Mundial Anual de Tecnologia, Ciência e Segurança do Paciente. A cúpula reúne algumas das melhores mentes do mundo para a realização de debates que estimulem pensamentos e novas ideias que desafiem o status quo. Ao apresentar soluções específicas e de alto impacto para superar os desafios de segurança dos pacientes, chamadas Soluções Acionáveis para a Segurança dos Pacientes, que incentivam empresas de tecnologia médica a compartilharem os dados sobre a compra de seus produtos e convocam hospitais a se comprometerem a implementar soluções acionáveis para a segurança dos pacientes, a Patient Safety Movement Foundation trabalha para atingir a meta de reduzir a ZERO as mortes evitáveis. Acesse patientsafetymovement.org.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20190625005824/pt/

David Kodama Cook + Schmid dkodama@cookandschmid.com 619-814-2370 x17

© 2019 Business Wire, Inc. Aviso: Este documento não é de autoria da AFP e a AFP não pode se responsabilizar por seu conteúdo. Para esclarecer qualquer dúvida sobre o conteúdo, por favor, contate as pessoas/empresas indicadas neste comunicado de imprensa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade