Publicidade

Estado de Minas

Banco Central mantém taxa básica em 6,5%


postado em 19/06/2019 19:06

O Banco Central do Brasil (BCB) manteve nesta quarta-feira (19) sua taxa básica de juros no mínimo histórico de 6,5% e insistiu na necessidade de aplicar reformas fiscais antes de fazer eventuais cortes, apesar do fraco crescimento econômico.

A decisão, adotada pelos nove membros do Comitê de Política Monetária (Copom) do BCB, coincide com a expectativa da maioria dos analistas.

O Copom admitiu que os indicadores recentes da atividade econômica apontam a interrupção do processo de recuperação da economia nos últimos trimestres e afirmou que contempla a retomada desse processo mais adiante, de maneira gradual.

O PIB brasileiro recuou 0,2% no primeiro trimestre do ano em relação ao trimestre anterior, em sua primeira queda desde o final 2016, quando o país saía de dois anos de recessão. A recessão pode voltar, em caso de nova contração no segundo trimestre.

As previsões do mercado, que no começo do ano eram de um crescimento de 2,5% do PIB, nesta semana caíram pela primeira vez para abaixo de 1% (a 0,93%), segundo a última pesquisa Focus realizada pelo BCB com uma centena de analistas e investidores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade