Publicidade

Estado de Minas

Pelo menos 10 mortos em incêndios criminosos em plantações de trigo na Síria


postado em 16/06/2019 11:49

Pelo menos dez pessoas morreram nas últimas 24 horas em incêndios criminoso em plantações de trigo no nordeste da Síria, afirmou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), que indica que há um conflito por conta da produção cereal entre o governo e as autoridades curdas.

Alguns dos atos incendiários foram reivindicados pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

Entre as vítimas estão civis e membros das Forças Democráticas Sírias (FDS), dirigidas pelos curdos, informou a OSDH.

Os incêndios, alguns dos quais não foram controlados, ocorreram na província agrícola de Hasake, de maioria curda e deixaram cinco feridos, disse à AFP Kamal Derbas, um porta-voz da Meia Lua Vermelha curda.

As "vítimas tentavam apagar o fogo quando foram atingidos pelas chamas", afirmou Derbas.

Em meio a uma batalha pelo controle da região, a principal produtora de grãos do país, tanto o governo sírio como os curdos afirmam que os incêndios são criminosos.

"Os maiores incêndios destruíram cerca de 350 mil hectares de terras cultivadas", disse à AFP o responsável curdo pela agricultura Salmane Baroudo.

Já a agência oficial síria SANA acusou neste domingo as forças curdas de provocar deliberadamente os incêndios para impedir que os agricultores vendam a colheita para o governo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade