Publicidade

Estado de Minas

Conheça a história de um casal que venceu a guerra para celebrar o amor depois de 75 anos

O norte-americano K.T Robbins e a francesa Jeannine se conhecerem durante a Segunda Guerra Mundial, mas só se reencontram neste ano


postado em 12/06/2019 12:40 / atualizado em 12/06/2019 14:00


Reencontro do norte-americano K.T Robbins e da francesa Jeannine Ganaye(foto: Reprodução/ YouTube France 24)
Reencontro do norte-americano K.T Robbins e da francesa Jeannine Ganaye (foto: Reprodução/ YouTube France 24)
Em 1944, o norte-americano K.T Robbins conheceu a francesa Jeannine Ganaye na cidade de Meurthe-et-Moselle durante uma parada de seu pelotão na região. Em pouco tempo eles se apaixonaram, mas o romance só durou dois meses, já que o soldado teve que abandonar a amada, na época com 18 anos, para defender seu país na guerra. Robbins prometeu voltar, mas o reencontro demorou 75 anos para acontecer.

O desfecho feliz desta história começou a ser desenhado quando, com 96 anos de idade e viúvo, o homem recebeu em sua casa, no Mississipp, a equipe de televisão do canal France 2 para fazer uma reportagem sobre os 75 anos de desembarque dos aliados na Normandia. Na ocasião, o norte-americano revirou fotos antigas e encontrou uma imagem da amada francesa de quem disse nunca ter se esquecido. “Gostaria de voltar lá, encontrar a família dela. Ela, já não devo ver, já deve ter morrido”, disse Robbins que, ao fim da guerra, acabou retornando aos EUA, onde se casou e constituiu família.

Imagem de Jeannine Ganaye, guardada por 75 anos (foto: Reprodução/ YouTube France 24)
Imagem de Jeannine Ganaye, guardada por 75 anos (foto: Reprodução/ YouTube France 24)

De posse dessas informações, a equipe de jornalistas franceses começou a busca por Jeannine. A senhora, que hoje tem 92 anos e é conhecida pelo apelido Pierson, foi encontrada na região da Moselle, e também está viúva. Aproveitando que K.T Robbins foi convidado a participar das celebrações do desembarque dos aliados na Normandia, a emissora proporcionou um novo encontro entre os dois apaixonados. O momento, cheio de emoção, foi registrado pelo canal francês.


Durante o reencontro, K.T diz em inglês: "Sempre te amei. Nunca me saíste do coração". E Jeannine compreende: "Ele diz que me ama, isso percebi", explicando que conseguiu entender as palavras do idioma estrangeiro por que quando o seu amado partiu, ela, na esperança de que ele voltasse, participou de aulas de inglês. A senhora ainda confessou que quando Robbins se foi, ela ficou muito triste e desejou que ele não voltasse ao seu país de origem.

No final, depois de mostrar para Jeannine a foto que guardou durante 75 anos, os dois se despedem aos beijos e prometem que irão arrumar uma maneira de se verem novamente. “Amo-te muito querida”, finalizou  Robbins.
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Jociane Viana Morais 


Publicidade