Publicidade

Estado de Minas

França desmantela grupo neonazista suspeito de planejar ataques a locais de culto


postado em 11/06/2019 10:22

A polícia francesa desmantelou um grupo de ideologia neonazista acusado de planejar ataques contra locais de culto judaicos, ou muçulmanos - informaram fontes judiciais.

Cinco pessoas do grupo, "de ideologia próxima ao movimento neonazista", foram acusadas entre setembro e maio por um plano de ataque "de contornos imprecisos".

"Locais de culto judaicos, ou muçulmanos", foram mencionados por este grupo, relata uma fonte próxima ao caso.

O processo começou após um inquérito judicial aberto em 8 de setembro por infrações à legislação sobre as armas e o indiciamento de um primeiro suspeito, colocado em prisão provisória, indicou a fonte judicial.

Outros dois homens, um deles menor de idade, foram indiciados em outubro.

"As investigações permitem supor que alimentavam um projeto, de contornos imprecisos, de passar ao ato violento para atacar um local de culto", declarou a fonte judicial.

Em janeiro, as autoridades recorreram à unidade antiterrorista do Ministério Público de Paris.

Um juiz especializado em questões de terrorismo assumiu o comando das investigações por "uma acusação complementar de associação criminosa terrorista, transporte, posse e fabricação de artefatos explosivos em relação a uma organização terrorista, além de posse não autorizada de armas".

Outros dois indivíduos, um deles menor de idade, foram detidos e acusados em 23 de maio por "associação criminosa terrorista" e colocados em liberdade sob controle judicial.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade