Publicidade

Estado de Minas

China lança foguete espacial a partir do mar


postado em 05/06/2019 08:30

A China realizou pela primeira vez, nesta quarta-feira, o lançamento de um foguete espacial a partir do mar, reafirmando sua ambição de colocar em órbita satélites comerciais.

O foguete, chamado Longa Marcha 11, foi lançado às 12H06 (01H06 de Brasília) de uma plataforma no Mar Amarelo, entre a China e a península coreana, informou a agência espacial chinesa (CNSA).

O foguete transportava sete satélites, dois experimentais e cinco comerciais, que foram colocados em órbita.

"Foi a primeira tentativa da China de lançar um foguete do mar. Isso nos permitirá satisfazer melhor as diferentes necessidades em termos de satélites", comemorou a CNSA.

O uso de uma plataforma flutuante tem várias vantagens, pois permite aproximar o foguete do equador (onde se beneficia da rotação da Terra) e também uma carga mais pesada, porque o impulso é maior.

Além disso, os lançamentos do mar permitem evitar acidentes por estarem longe das áreas habitadas.

Segundo a CNSA, o transporte de um foguete de um porto chinês para uma plataforma leva apenas uma semana.

A China não é o primeiro país a efetuar lançamentos do mar. A empresa Sea Launch, agora de capital russo, lançou vários entre 1999 e 2014.

O anúncio do lançamento marca uma nova etapa para a China em sua ambição de competir com os Estados Unidos, Rússia e Europa no setor espacial.

A China investiu bilhões de dólares em seu programa espacial, liderado pelo exército, e já colocou vários satélites em órbita por conta própria ou para outros países.

No início deste ano, a China também se tornou a primeira do mundo a fazer pousar uma sonda no lado oculto da Lua e, dentro de dez anos, espera enviar uma missão tripulada ao satélite.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade